A Guarda Civil Municipal de Sobral (GCMS), em parceria com a Coordenaria Municipal de Trânsito, realizou, na tarde e noite da última quarta-feira (21/03), uma operação emergencial a fim de garantir as melhores condições possíveis de tráfego e segurança durante a queda de energia elétrica que atingiu parte do país.
 
Durante as cinco horas de apagão foram acompanhados os 10 cruzamentos com maiores fluxos e destacado efetivos extras para praças e logradouros, além das operações e rondas que já ocorrem no município. Paulo Adriano Fernandes, comandante da GCMS, destaca o comprometimento dos agentes. “Além dos nossos guardas que já estavam em serviço, conseguimos contatar ainda quase todos os agentes que estavam de folga para apoio nessa operação, mesmo com a dificuldade de comunicação causada pela queda de energia”, afirmou.
 
“A Guarda está sempre a postos para cumprir sua função de ordenamento e conservação, buscando a segurança do sobralense, e isso se refletiu visivelmente na noite de ontem, com os baixos índices de ocorrências e trânsito organizado”, finalizou o comandante Paulo Adriano Fernandes. 

O Prefeito de Sobral, Ivo Gomes, e o secretário da Segurança e Cidadania, Erlânio Matoso, entregarão, nessa sexta-feira (23/03), às 14h, a primeira premiação por apreensão de armas e resolução de inquéritos aos Agentes Públicos de Segurança. Serão premiados sete policiais civis e 18 policiais militares

Ao todo, foram apreendidas nove armas de fogo, 59 munições e concluídos sete inquéritos policiais com indiciamento dos acusados por crimes dolosos contra a vida.

Os valores variam conforme calibre e qualificação da arma. Já para a resolução de inquéritos de crimes contra a vida, os prêmios serão para casos em que ocorram indiciamento e prova de remessa ao Poder Judiciário, bem como para os que o indiciado seja devidamente denunciado. 

As premiações serão pagas mensalmente, à medida em que forem apresentados os requerimento. Conforme a Lei Nº1701/2017 e o Decreto Nº 1982, estão aptos a receber a bonificação:  guardas civis municipais de Sobral, policiais civis e militares, policiais rodoviários federais, agentes de trânsito e agentes penitenciários que estejam atuando dentro de suas competências legais no âmbito do município de Sobral. O decreto também prevê premiação para agentes da Policia Civil lotados no núcleo de homicídios e latrocínios de Sobral para reduções dos crimes de homicídio

Dando continuidade às ações do programa permanente de educação no trânsito em Sobral, a  gerente de educação no trânsito, Erika Pavllete, em parceria com a Guarda Civil Municipal, intensificou as ações educativas nas áreas de maiores fluxos da cidade.

 

Atuando no constante mapeamento dos pontos mais congestionados e no diálogo intenso com a população, o programa tem como finalidade a otimização do trânsito no Município. De acordo com Erika, as ações acontecem diariamente, nas vias que recebem o maior fluxo, incluindo usuários de outros municípios. “Estamos diariamente percorrendo a cidade, abordando as situações irregulares e conversando com os responsáveis, não apenas motorista, mas todos que utilizem a via pública indevidamente”.

 

 

Esse momento é também utilizado para ouvir as demandas dos sobralenses. “Com isso, buscamos soluções que visem melhorar e otimizar o cotidiano de todos”, destacou a gerente.  Para o comerciante Antônio Franco, que atua há 40 anos no Mercado Central, essa ação é “uma ótima iniciativa para resolver os pequenos conflitos do dia a dia. É muito bom poder conversar com os agentes e explicar quais nossas principais demandas”.

 

Estão abertas, até o dia 14 de março, as inscrições para o Curso de Mediação de Conflitos. Com o início previsto para o dia 15 de março, o curso é oferecido para toda a comunidade de forma gratuita. As inscrições podem ser feitas na sede do Núcleo de Mediação Comunitária, localizado na Rua Manoel Torres, 358, Cohab I (Estação Juventude), das 8h às 12h e das 14h às 17h. É necessária a apresentação do RG e CPF.


A carga horária é dividida em 40 h/a teóricas e 60 h/a de estágio supervisionado e traz como conteúdo, dentre outros tópicos, a introdução aos meios consensuais de resolução de conflitos; teoria de conflito; ética; etapas de mediação e resolução de questões.

De acordo com o supervisor do Núcleo de Mediação Comunitária, Josivaldo Lopes Araújo, para participar é necessário ser maior de 18 anos e ter, pelo menos, quatro horas disponíveis por semana. “A mediação comunitária busca resoluções através de solução de conflito, da pacificação social e do fortalecimento dos vínculos comunitários”, explicou.

Mais informações: (88) 3614 4001

Dando continuidade a série de melhorias que vêm sendo aplicadas à Guarda Civil Municipal de Sobral (GCMS), a Prefeitura adquiriu um novo fardamento, que começará a ser utilizado a partir do mês de março. Composto por gandola, camiseta branca, camiseta operacional, boné, cinto passeio, cinto operacional, porta algema e porta tonfa, a nova vestimenta é azul marinho, a fim de se adequar a recomendação de uma padronização nacional. Confeccionada em tecido Techno Rip Stop II, o fardamento possui Fator de Proteção Solar (FPS) 50 e é ecologicamente correto e biodegradável.

Já durante a gestão do prefeito Ivo Gomes, a GCMS teve implantado novo plano de cargos e carreiras, além da entrega de novas viaturas, e de uma sede própria.

Atualmente, a Guarda Municipal é composta por 149 componentes e, em breve, 85 candidatos aprovados em concurso público tomarão posse. “Estão ainda sendo licitados diversos equipamentos para a modernização da estrutura funcional, como novo sistema de comunicação, ampliação ainda maior do número de viaturas, motopatrulhamento e videomonitoramento”, destacou o secretário da Segurança e Cidadania, Erlânio Matoso.